Publicada em: 12/06/2019 17:42

Programa 'Viver Sem Limites' da UEA é lançado

A Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em parceria com a Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade (FUnATI) e o Fundo Previdenciário do Estado do Amazonas (AmazonPrev), lançou nesta quarta-feira (12) o programa 'Viver Sem Limites' que visa contribuir para uma melhor qualidade de vida dos servidores, não somente os ativos, mas também aqueles em fase de pré-aposentadoria.

Para o Reitor da UEA, Cleinaldo Costa, é muito importante vivenciar a jornada pré-aposentadoria sem luto, sem dor, mas como uma etapa nova da vida que vai trazer muita coisa. "A esperança nossa é que as pessoas se sintam valorizadas e que a UEA possa continuar apoiando a sua servidora, o seu servidor que terminou seu tempo de jornada de trabalho mas não deixou de ser servidora e servidor da Universidade do Estado do Amazonas, essa é a principal mensagem dessa ação", disse Prof. Cleinaldo na mesa de abertura.

O processo de criação do Programa e o estabelecimento de parcerias com a AmazonPrev e FUnATI partiu da gestão da Pró-Reitoria de Planejamento da UEA com a Pró-Reitora Maria Olivia Simão, que disse estar honrada por ser a pessoa que está ajudando a implementar esse processo na UEA. "Sabemos que temos uma longevidade maior e muitas pessoas estão recomeçando todo um projeto de vida a partir da aposentadoria. É muito importante estarmos fazendo a parte de sensibilização para que os servidores entendam que essa carreira que eles cumpriram aqui e todo o trabalho e dedicação que eles fizeram para essa casa estar onde está é uma forma da gente retribuir", afirmou.

Servidor há 35 anos, Paulo Luiz Pereira, 54, trabalha na Escola Superior de Artes e Turismo (ESAT) há oito anos e acompanhou a fase de transição do Instituto Tecnologia da Amazônia (UTAM) para a UEA. "A importância da implementação do Programa está sendo muito boa. Já estou com 35 anos na UEA, quando era UTAM e depois fiquei vinculado na UEA. Sempre trabalhei na biblioteca e depois que me aposentar eu quero continuar servindo. Para mim é melhor porque vou me sentir bem, o tempo passou rápido", contou o bibliotecário.

Parceria
A solenidade ocorreu no Auditório da Reitoria da UEA e contou também com a presença de representantes do diretor da AmazonPrev, André Zogahib, e do Reitor da FUnATI, Dr. Euler Ribeiro, que alertou sobre os riscos de depressão no processo de aposentadoria. "A aposentadoria reduz a relação diária das pessoas com a sociedade, os colegas de trabalho, e até no transporte coletivo. Na maioria das vezes as pessoas que moram na casa trabalham e o aposentado passa a ficar cada vez mais isolado, então o risco de depressão é muito grande e com os deprimidos o risco de suicídio é maior ainda. O Programa visa essa questão de saber que se se aposentou não é pra ficar trancafiado dentro de casa, você pode estudar se quiser, se divertir o quanto quiser acompanhar seus netos", explanou o especialista em saúde na terceira idade.

O diretor da AmazoPrev, André Zogahib, acrescentou as vantagens e apoios da instituição para os aposentados. "Nós temos um programa institucional da AmazonPrev para todos os servidores do Estado do Amazonas, incluindo a UEA, que é um programa de preparação para aposentadoria. Então a UEA já vem se organizando há algum tempo, e através da gestão da professora Olivia frente da Pró-Reitoria de Planejamento, essas atividades se consideram dentro de um programa institucional da UEA e que a gente vem somar esforços para que as pessoas que adquirirem as condições para aposentadoria possam vir a se preparar na melhor forma possível para que elas tenham uma nova vida e que aproveitem esse momento do melhor momento", concluiu.

A programação do Programa ocorrerá mensalmente na Escola Superior de Tecnologia (EST) conforme a programação abaixo.

Texto: Iris Brasil/ASCOM UEA
Foto: Joelma Sanmelo/ASCOM UEA