Publicada em: 10/07/2020 09:04

PPGICH realizará, em formato digital, a 50° defesa de Dissertação de Mestrado

Atuando desde 2016, o Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade do Estado do Amazonas (PPGICH/UEA) chegou a 50° defesa de Dissertação de Mestrado. Em formato digital, o processo ocorre nesta sexta-feira (10), às 14h (horário Manaus), pela plataforma Google Meet no link: https://meet.google.com/guz-nqcb-wmz

Para o coordenador do Programa, Otávio Rios, chegar a essa marca de defesas é a demonstração e a realização do sonho de oferecer à sociedade amazonense um curso de Mestrado de qualidade, capaz de transformar ideias em realidades.

"A 50° defesa é simbólica, porque são 50 mestres titulados, 15 desses em nosso núcleo permanente em Tefé, uma vez que o nosso Programa é multicampi e está no interior do Amazonas, mais precisamente no Médio Solimões. A comemoração de hoje é, sobretudo, pela nossa trajetória coletiva, pelos trabalhos de qualidade que entregamos à sociedade. Mais do que a 50a defesa, são os 49+1 que celebramos hoje".

Sobre a pesquisa

A dissertação intitulada 'COMUNIDADES TRADICIONAIS EM PARINTINS-AM: Dinâmicas organizacionais em Nossa Senhora de Nazaré, região do Zé Açu" foi orientada pela coordenadora do Núcleo de Estudos Interdisciplinares da Cultura Amazônica (NEICAM), Profa. Dra. Jocilene Gomes da Cruz, e co-orientada pela Profa. Dra. Sandra Helena da Silva. A professora Jocilene Cruz é docente permanente do PPGICH, onde atua desde a fundação do Programa.

"A defesa será realizada virtualmente com a candidata se conectando a partir de Parintins e a banca em Manaus, cada membro em sua casa", comentou o coordenador Otávio Rios.

Sobre o PPGICH

O Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas (PPGICH/UEA) objetiva aumentar a oferta de profissionais qualificados para pensar a cultura em suas distintas manifestações a partir de suas diferentes configurações na Amazônia Ocidental. O Mestrado possui Área de Concentração dedicada a pesquisar a Cultura em suas dimensões cognitiva (Linha 1: Capital Imaterial: produção e circulação de saberes); estética (L2: Crítica, interpretação e história das formas da arte) e identitária (L3: Espaços, memórias e configurações sociais).

Atualmente, o Programa reúne 23 docentes entre permanentes, colaboradores e visitantes em Manaus e em Tefé, cidade onde o PPGICH mantém nucleação permanente, desenvolvendo o ensino de pós-graduação, pesquisa e extensão no interior do Amazonas com o apoio do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM).

Para mais informações, acesse o site do PPGICH.